5% off na primeira compra. Aproveite!

Consumo de água do purificador: como calcular?

Consumo de água do purificador: como calcular?

Muita gente se pergunta se existe uma maneira de medir o consumo de água do purificador. Geralmente, sabemos como controlar o tempo de troca do refil.

Por outro lado, é possível saber exatamente quantos litros de água estamos consumindo. Para isso, existem produtos específicos e alguns métodos mais básicos.

Atualmente, alguns modelos do mercado contam com dispositivos de controle de elementos filtrantes. Contudo, um acessório não elétrico para contar o volume de litros é uma exclusividade Europa.

Fique com a gente para descobrir como é possível calcular o consumo de água do seu purificador!

Eurotimer: controle do tempo

Antes de mais nada, vale esclarecer como é indicado o prazo de validade dos refis. Para os nossos produtos, a orientação de troca é por tempo transcorrido ou volume de litros consumidos.

Contudo, nem sempre é possível calcular o consumo de água. Logo, o tempo é uma ordem de grandeza muito utilizada para saber o momento certo da troca. Alguns vencem com 1 ano, e outros vencem com 4 meses ou 2 anos e isto pode ser confuso.

Juntamente com as muitas coisas que já temos que lembrar no dia a dia, confiar apenas na memória é arriscado. Por isso, existem os dispositivos de controle, como o Eurotimer. Ele não possibilita o controle do consumo de água, mas monitora a passagem do tempo.

Nosso principal dispositivo acompanha todos os produtos da linha (exceto o Palladium). Ele tem o formato de uma pequena etiqueta e indica o momento certo da próxima troca de forma inteligente. 

Afinal, como isso acontece? Quando o botão do Eurotimer é acionado, ocorre uma reação química no dispositivo. Esta reação faz com que o líquido dentro do botão preencha a barra do visor, indicando a passagem de tempo. 

Ou seja, depois de ativar o dispositivo, surgirá a palavra “ON” no visor. De acordo com o tempo de uso, o líquido indicador de cor vermelha se deslocará gradualmente. 

Contágua: controle do consumo de água

Definitivamente, este é o acessório mais preciso para calcular o consumo de água do purificador. 

O Contágua tem a mesma função que um hidrômetro. Por outro lado, em vez de medir a água que chega na sua casa, ele mede e registra o consumo do purificador.

O mostrador indica a passagem da água e o funcionamento do produto. Da mesma forma, o disco graduado em litros serve para a leitura da quantidade de água que passa pelo refil.

O Contágua é compatível com refis de 3.000 ou 6.000 litros de vida útil. Se você já tem um purificador e quer mais controle, fique calmo. Afinal, ele pode ser facilmente acoplado a todos os modelos Europa, mesmo os que já estão em uso. 

Agora, se você quiser formas mais simples de calcular o consumo de água, vamos voltar ao básico. Sem dispositivos ou acessórios também é possível manter este controle, mas é mais difícil.

Alternativas para calcular o consumo de água

Apenas para efeitos de cálculo,, uma pessoa adulta deve consumir cerca de 2 litros de água por dia. Assim, uma família média brasileira (3 pessoas), deveria ter um consumo de água de, no mínimo, 6 litros por dia. 

Por outro lado, se existem mais pessoas na casa, este número já muda. Ou se esta família recebe visitas. Da mesma forma, se o clima está muito seco ou muito quente, podemos consumir ainda mais água. Apesar disso, ainda é possível medir o consumo de água no dia a dia.

Todos os dias, é possível encher jarras, recipientes e garrafas d’água cuja capacidade você conhece. Se todos beberem apenas destes recipientes, é possível ter um controle. Na verdade, toda a água utilizada para consumo ao longo do dia teria que ser retirada dali.

Ou seja, vai cozinhar um macarrão? Pegue água da jarra. Vai preparar um suco ou um cafezinho? Utilize água do recipiente que você sabe quantos ml comporta. Assim, ao final do dia, basta contar quantas garrafas foram utilizadas e quantas vezes elas foram enchidas.

Esta forma de calcular o consumo de água é altamente trabalhosa e impacta muito na rotina. Além disso, tem uma grande margem de erro, uma vez que é fácil esquecer da regra e pegar água direto do purificador.

E você, conhece uma maneira diferente de calcular o consumo de água do seu purificador? Conte para a gente!