5% off na primeira compra. Aproveite!

Reciclagem e reutilização: você sabe a diferença?

reciclagem e reutilização

À primeira vista, os conceitos de reciclagem e reutilização de resíduos não parecem gerar dúvidas. Embora bastante conhecidos, você sabe dizer exatamente qual a diferença entre reciclar e reutilizar? Qual das duas opções é mais sustentável?

Antes de mais nada, é essencial lembrar que as duas alternativas, bem como a redução de lixo são atitudes de um consumidor consciente. Quer saber se você é esse consumidor? Dê uma olhada neste artigo do nosso Blog e faça o teste. 

Praticar a reciclagem e a reutilização são princípios do consumo consciente. Do mesmo modo, planejar suas compras, separar o lixo e consumir apenas o necessário são hábitos essenciais. 

Mesmo diferentes, os dois processos em questão neste artigo são igualmente importantes em suas contribuições para o meio ambiente e a gestão de resíduos. 

Ambos combatem o desperdício de materiais, a exploração dos recursos naturais e ajudam a diminuir o volume dos aterros. A seguir, confira a definição dos conceitos e aprenda a distinguir um do outro. 

Reciclagem ou reutilização? Eis a questão.

Quando falamos em reciclar um resíduo, a ideia central é transformá-lo em algo novo. Assim, a meta é inserir o material em um novo ciclo de produção.

Portanto, é necessário o reprocessamento de um item com o objetivo de produzir um outro produto útil. Pneus antigos podem se tornar composto para asfalto e garrafas PET podem se transformar em fibra de poliéster,  por exemplo.

É importante acrescentar que a compostagem, ou o processamento de resíduos degradáveis também se enquadram no conceito de reciclagem.

reciclagem e reutilização

Da mesma forma, é possível reciclar vários tipos de papel, metal, vidro, tecido, plástico e mesmo componentes eletrônicos por meio de outros processos. 

Toda conversão desses materiais elimina o desperdício e evita o início de um novo ciclo de produção. É possível reduzir a poluição  e a emissão de gases de efeito estufa com a redução do consumo de matérias-primas e energia. 

A coleta seletiva doméstica desempenha um importante papel nesse cenário. Ao separar os resíduos da maneira correta, o índice de aproveitamento supera os 70%. 

Reutilizar: produtos usados não precisam ir para o lixo

A reutilização de um material, por outro lado, dispensa o reprocessamento. Não iremos transformá-lo em um novo produto, mas reaproveitaremos em diversas outras possibilidades de uso. 

decoração com reciclagem e reutilização

Assim, papéis usados podem virar blocos de rascunho, móveis podem ganhar novas funções, garrafas podem se tornar objetos de decoração, etc.

Já podemos entender duas importante diferenças entre reciclagem e reutilização. Um processo envolve a produção de um novo produto e a outro apenas uma nova possibilidade de uso. 

Além disso, um processo contribui diretamente para redução de resíduos e o outro colabora para a gestão do lixo. Quando reaproveitamos uma matéria-prima que seria simplesmente descartada, diminuímos o volume em lixões, aterros ou queimada. 

Os dois processos contribuem igualmente para reduzir a exploração de recursos naturais envolvida na produção de novos materiais.

Já ouviu falar em Upcycling?

Agora que você já sabe um pouco sobre as definições de reciclagem e reutilização, pode conhecer um novo conceito. O Upcycling é menos disseminado, porém muito importante. 

Nesse processo, produtos que estão no fim de sua vida útil ganham novo valor. Com a melhoria de sua qualidade e utilidade, entram em outro ciclo.

Portanto, fitas cassetes, sapatos velhos e embalagens de comida não precisam ir para o lixo. Por meio de processos físicos e químicos, é possível aproveitar estes itens em sua totalidade ou o máximo possível deles. 

Aumentando o valor de produtos aparentemente inúteis, o Upcycling pode reaproveitar todo o material. Isto sem utilizar energia para destruí-lo e então transformá-lo em um item novo. 

Muito legal, não é? Mas, se você está se perguntando como aplicar este conceito na prática, confira abaixo 3 dicas rápidas:

1.Tubos de papelão de papel toalha ou higiênicos

brinquedo de gato caseiro reciclável

Estes materiais podem se tornar ótimos brinquedos para hamsters, gatos e pássaros. Da mesma forma, eles também podem ser usados como embalagens.

  1. Saquinhos de sílica

Sabe aqueles saquinhos que vêm em embalagens de remédios e sapatos? Eles são ótimos para proteger documentos e fotografias contra umidade e bolor. Guardando um saquinho junto com sua câmera ou celular, ele ajuda a mantê-los secos. 

3. Saquinhos de chá usados

Esses podem ser utilizados na limpeza de sua casa para remover manchas do banheiro, e limpar espelhos e tapetes. 

Vamos relembrar as principais diferenças e semelhanças entre reciclagem e reutilização?

Em suma, percebemos que os dois processos são muito relevantes para a preservação do meio ambiente. Ambos combatem o desperdício de materiais, a exploração dos recursos naturais e ajudam a diminuir o volume dos aterros.

A principal diferença entre reciclagem e reutilização é simples. A primeira consiste em destruir o produto e transformá-lo em algo novo. Por outro lado, a segunda apenas dá uma nova utilidade a um produto que iria para o lixo.

Você tem o hábito de separar o lixo para reciclagem ou reutilizar produtos em sua casa?

Se tiver mais ideias interessantes, conte para a gente. 😉

Fonte: eCycle