5% off na primeira compra. Aproveite!

Quantas bolinhas de plástico são necessárias pra preservar grandes reservatórios de água?

Quantas bolinhas de plástico são necessárias pra preservar grandes reservatórios de água?

Bolinhas de plástico e os reservatórios de água

Que tal 96 milhões?! No início do mês passado, 20 mil unidades dessas bolinhas foram despejadas em um reservatório de água em Los Angeles, no estado norte-americano da Califórnia. As bolinhas de plástico pretas, chamadas de “bolas de sombra”, são um método novo e diferente para minimizar a evaporação de água em reservatórios de superfície livre, além de fornecer proteção contra poeira, animais e reações químicas adversas. Elas chamaram a atenção das pessoas e da mídia em agosto. A Califórnia vem sofrendo com um período de seca prolongado desde 2011 e a operação das “bolas de sombra” faz parte de um grande projeto de aproveitamento de energia e de combate à seca, somando um investimento de 35 milhões de dólares e utilizando 96 milhões de bolas para combater a estiagem.

 

Como funciona

 

É simples de entender como funciona o papel das bolinhas na preservação: elas são responsáveis por bloquear o sol, reduzindo a evaporação da água. Elas também evitam que o cloro se torne prejudicial ao consumo (a reflexão de raios UV na água torna prejudicial o cloro presente nela), além de diminuir o acúmulo de algas na água. Essa medida já foi utilizada anteriormente e pode poupar até 300 milhões de litros de água por ano. Esse projeto, além de inovador, prático, barato e eficiente, é também altamente sustentável, já que as bolas de plástico têm um custo muito baixo de fabricação (apenas 36 cêntimos de dólar) e vida útil de cerca de 10 anos, podendo ser recolhidas e reaproveitadas quando for necessário. Quer saber um pouquinho mais? Assista ao vídeo para saber como foi a operação em Los Angeles. 😉