5% off na primeira compra. Aproveite!

Filtro de entrada é bom para caixa d’água?

filtro de entrada para caixa d'agua

Você já viu um filtro de entrada alguma vez? Eles são instalados normalmente logo após a entrada de água de um imóvel. 

Assim, ele auxilia na remoção de diversas partículas coloidais no ponto de entrada da água. Mesmo que a água seja tratada, é possível encontrar ferrugem, sedimentos, barro, areia e outros contaminantes.

A água que sai da nossa torneira é própria para consumo e está dentro dos padrões de potabilidade. Apesar disso, as ETAs não conseguem retirar 100% destas partículas.

A presença de um filtro de entrada garante que a água de todo o imóvel esteja livre destes elementos. Agora, vamos entender como este filtro funciona e como ele ajuda na manutenção do reservatório de água.

Funcionamento do filtro de entrada


O Sistema do
filtro de entrada usa somente elementos naturais, que serão responsáveis por melhorar a qualidade da água. No esquema acima, é possível ver o caminho que a água percorre, passando por elementos como quartzo e dolomita.

A diferença deste sistema para o dos purificadores é que ele não utiliza carvão ativado. Assim, permite a passagem do cloro utilizado pelas estações de tratamento de água de propósito. 

Afinal, a água que chega no ponto de entrada fica armazenada em caixas d’água, e encanamentos. O cloro é utilizado no tratamento de agentes patogênicos que estão presentes na água dos mananciais. Logo, essa proteção é essencial para a água que ficará no reservatório.

Contudo, nos pontos de uso, o filtro de entrada não é indicado. A água que vai diretamente para o consumo humano deve passar por outras melhorias. Para eliminação de bactérias e até mesmo para a redução do cloro, é necessário instalar um purificador de água.

A instalação do filtro de entrada deve ser feita entre o hidrômetro e a caixa d’água. De acordo com a qualidade da água de entrada, o refil pode durar até 3 anos antes de ser substituído.  

Vantagens de ter um filtro de entrada

A presença de um filtro de entrada previne o acúmulo de resíduos, evitando as frequentes limpezas das caixas d’água. Dessa forma, a água que é armazenada e distribuída para todos os pontos do imóvel tem qualidade garantida.

Este dispositivo tem capacidade de operar com grandes vazões e elimina completamente a turbidez da água. O produto final é uma água cristalina e totalmente segura. Além disso, existem outras importantes vantagens para o bolso e para a rotina.

O uso do filtro de entrada ajuda a preservar os encanamentos e dispositivos hidráulicos. Torneiras, chuveiros, registros e válvulas deixam de sofrer danos causados pelo acúmulo de sujeira e micropartículas. 

Do mesmo modo, é possível aumentar a vida útil de máquinas de café, sorvete, gelo, lava-louças e até aquecedor solar. Ah, sem falar que ajuda a prevenir o aparecimento de manchas nas roupas durante o processo de lavagem.

O entupimento de tubulações, bem como as manutenções frequentes da caixa d’água também deixam de ocorrer. O filtro de entrada possui elementos filtrantes com maior vida útil. Assim, há uma relação custo X benefício melhor a longo prazo.

Manutenção e principais cuidados

No caso do filtro de entrada Europa, a manutenção consiste apenas na troca do refil, que ocorre a cada 3 anos. De acordo com a qualidade da água fornecida, o refil pode saturar antes, por conta da retenção de partículas. 

Por outro lado, este equipamento exige manutenções periódicas, chamadas de retrolavagem. Esse procedimento inverte o fluxo de água no equipamento. Como resultado, elimina todas as partículas sólidas que ficaram retidas durante a filtração, maiores que 5 micra. 

É importante realizar esse processo de autolimpeza  periodicamente. Um equipamento bem cuidado pode durar a vida toda, diminuindo riscos de doenças causadas por água contaminada.

Um filtro de entrada melhora a qualidade da água e previne sua empresa contra instabilidades no fornecimento. No Brasil, a crise hídrica vem se instalando, e a qualidade da água fica comprometida em muitas regiões do país.

Rio de Janeiro e Salvador, por exemplo, são cidades que sofrem com a escassez e contaminação. O filtro para caixa d’água pode ajudar a reter sedimentos que aparecem na água depois que ela sai da concessionária.

Da mesma forma, a crescente preocupação com a saúde fomentou o mercado do filtro de entrada. A pandemia mudou algumas prioridades nas despesas de todos. Como resultado, os produtos voltados para a segurança e cuidado com a água apresentaram crescimento. 

Em suma, independentemente do segmento, sua empresa só tem a ganhar instalando um filtro de entrada. Se quiser conhecer mais sobre nossos modelos, entre em contato conosco!