5% off na primeira compra. Aproveite!

Descarte de refil usado: aprenda como fazer.

como reciclar refil filtro de água para purificadores

Se você sempre fica na dúvida sobre como fazer o descarte do refil usado, isso significa duas coisas. Em primeiro lugar, que você é um consumidor consciente. Do mesmo modo, também quer dizer que não há muita informação sobre o assunto.

Os refis são peças que precisam ser substituídas periodicamente nos purificadores. Seu tempo de vida útil varia de acordo com a marca e o modelo do aparelho. De forma geral, o prazo para troca vai de 6 meses a 2 anos.

Segundo levantamento da Bain & Company, atualmente 15% a 20% dos lares brasileiros têm um purificador de água. Logo, todo ano, existem milhares de refis sendo substituídos e eles precisam de uma destinação correta.

Você sabe do que é feito o refil? Fique com a gente para aprender mais sobre o assunto e para descobrir como fazer o descarte do refil usado.

Do que é composto o refil?

Quando pensamos na destinação correta de objetos, os materiais que os compõem são muito relevantes. Assim, é fundamental compreender quais são os principais componentes do refil e qual o impacto que eles podem ter.

Os refis da Europa, por exemplo, contam com elementos filtrantes de origem natural. O carvão, bem como o quartzo e a dolomita podem ser encontrados na natureza e até mesmo servir como adubo.

Por outro lado, existe também o material de revestimento do refil, que compõe a câmara, sua carcaça. Este material é o plástico PSU. Este plástico é o revestimento tanto dos refis SNTA quanto dos módulos HF.

Logo, é possível entender que os refis possuem partes recicláveis e outras descartáveis. De toda forma, o descarte do refil usado nunca deve ser feito no lixo comum. Sua decomposição leva centenas de anos, causando acúmulo de lixo e prejudicando o meio ambiente.

Enfim, entendemos que o descarte no lixo comum não é possível e o reciclável não é o ideal. Afinal, de que maneira fazer o descarte do refil usado de maneira ambientalmente correta?

Como fazer o descarte do refil usado?

Você já ouviu falar no conceito de logística reversa? Ela é um dos principais instrumentos da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). Esta política foi instituída em 2010, com o objetivo de melhorar a gestão de resíduos a nível nacional. 

De acordo com um levantamento de 2017, o Brasil produziu mais de 77 milhões de toneladas de resíduos. Deste total, apenas 5% são destinados à reciclagem.

A logística reversa restitui r os resíduos sólidos ao setor empresarial para reaproveitamento. Assim, materiais como pilhas, pneus e lâmpadas são encaminhados para a reciclagem ou para a obtenção de energia.

Para garantir o descarte do refil usado dentro das diretrizes da PNRS, existem empresas especializadas. A ABREE é uma delas. Esta entidade sem fins lucrativos garante a destinação adequada de resíduos. Ela define e realiza a logística reversa de produtos eletroeletrônicos e eletrodomésticos pós-consumo no Brasil.

E sabe qual é a primeira empresa no mercado de purificadores de água a aplicar a logística reversa? Sim, a Europa. Quer entender como funciona?

Em parceria com a ABREE, a Europa está implementando um projeto piloto de logística reversa. A princípio, serão 39 lojas participantes, nos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro. Lá, os consumidores vão encontrar caixas de coleta, onde poderão descartar os refis vencidos e produtos já utilizados.

Ou seja, aquilo que teria um impacto ambiental negativo é levado para cooperativas, como a ABREE. Dessa forma, a responsabilidade da empresa não termina depois que um produto é vendido.

Logo após a etapa de coleta, as peças serão transportadas, armazenadas e separadas de forma correta. Assim, a Europa garante a inserção dos insumos em novos produtos que retornarão ao mercado, gerando alternativas sustentáveis e empregos. 

E como fica o descarte do refil usado de outras marcas?

Se o seu purificador for de outra marca, é preciso pensar num caminho alternativo. Primeiramente, você pode procurar um ponto de recebimento da ABREE. Existem diversos pontos espalhados por SP, e é possível realizar busca por CEP no site.

Se esta alternativa também não for possível, faça o descarte do refil usado junto com os plásticos recicláveis. O primeiro passo é deixar o refil em local arejado para secar o máximo possível.

Nunca tente cortar o filtro em casa para remover os elementos filtrantes dentro dele. Definitivamente, este processo deve ser realizado pela equipe do posto de reciclagem.

Isto porque o descarte de cada elemento filtrante é feito de um jeito específico. O carvão ativado, por exemplo, é considerado resíduo Classe II A e pode ser usado como adubo.

Este texto foi útil? Agora você já sabe como fazer o descarte do refil usado de maneira consciente!