Você já ouviu falar da água cinza?

Curioso pensar em água que não seja transparente, não é?  Mas, esse termo existe para denominar uma água reutilizada: a água cinza ou cinzenta é qualquer água não-industrial, que foi usada em processos domésticos, como o banho ou lavar a louça e a roupa. Esse tipo corresponde entre 50% e 80% do esgoto residencial, recebendo esse nome pela sua aparência turva. Ela possui resíduos de alimentos e altas concentrações de produtos químicos tóxicos, provenientes de materiais de limpeza, entre outros.

Existe também a água negra, que é aquela água descartada que possui matéria fecal e urina. Ela recebe esse nome por conta da grande quantidade e composição dos seus produtos químicos e contaminantes biológicos, e por ser mais difícil de ser reciclada.

Apesar dos resíduos presentes e de parecer “suja”, a água cinzenta é uma fonte segura e até mesmo benéfica da água para irrigação. Além do evidente benefício econômico de poupar água, a reutilização de águas cinzas também ajuda muito o mei ambiente, já que a mantém fora do esgoto ou do sistema de fossa séptica, reduzindo as chances de poluir lençóis de água locais.

Existem muitas maneiras simples e econômicas para reutilização de águas cinzas até mesmo em casa, sendo a mais popular delas regar o jardim. Para isso, é preciso canalizá-la diretamente para fora da casa e usá-la para regar plantas ou árvores.

Se for tentar fazer um sistema de utilização de água cinza em sua casa, não se esqueça que é essencial não usar nada tóxico, fazendo uso de produtos naturais e sabonetes biodegradáveis, que não contêm ingredientes prejuciais as plantas. J

 

 

Assine nossa news