E você, já tirou seu passaporte verde?

Seja aos finais de semana ou na hora de planejar aquelas férias tão esperadas, o turismo sustentável é uma ótima pedida! Buscando estimular esta nova consciência e comportamento, que vão além do turismo, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), em parceria com os ministérios do Meio Ambiente, Esportes, Turismo e Desenvolvimento Social, lançou em 2008 uma iniciativa chamada Passaporte Verde. Em 2015, foi lançada a edição Passaporte Verde nos Jogos Rio 2016, oferecendo novas dicas e roteiros aos turistas que desembarcaram no Rio de Janeiro para acompanhar os eventos.

No portal do Passaporte Verde existem mais de setenta opções de passeios que estimulam vivenciar a sustentabilidade nos momentos de lazer. O site também traz opções para planejar a viagem, fazer as malas, como deixar a casa preparada para a sua ausência, escolher a hospedagem, aproveitar a cidade da maneira mais sustentável, como se comportar em áreas naturais e nas praias, quais as melhores alternativas de deslocamento e como escolher as refeições.

Confira algumas dicas de roteiros sustentáveis:

– Em Belo Horizonte (MG), conheça o Jardim Japonês. Foram plantadas árvores típicas do Japão como o pinheiro oriental, a cerejeira, a azaleia e o bambu.

– Passe um dia na Chapada Imperial: reserva ecológica particular que preserva mais de 4.000 hectares com a maior área de mata de cerrado dentro do DF.

– Um dos destinos de ecoturismo mais procurados do país, a Chapada dos Guimarães (MT) permite a prática de atividades como trekking, rapel, flutuação e escalada.

– Desfrute de Curitiba (PR) com o grupo Pedala Curitiba, circuito noturno de bicicleta que permite a observação de vários pontos de interesse turístico, trazendo um olhar diferente da cidade e o roteiro sugere também caminhos valorizados pela história e desenvolvimento urbano da cidade.

– Faça a Trilha da Ladeira de São Sebastião, no Ceará, que possui boa parte de seu caminho preservado e é a mais utilizada em ações de educação ambiental.

– No Amazonas, tenha uma experiência Indígena na Comunidade do Tupé. A visita inclui conhecer o ritual indígena, apresentado pelas etnias indígenas Dessana, Tucano e Tuyuka; trilha etnográfica com os povos indígenas; visita à fazenda de peixes do Projeto Tanque Rede; e trilha de água até a cachoeira e caminhada sobre igapó (ecossistema de floresta inundada).

– Roteiro de compras sustentáveis: a cidade de Natal (RN) possui valiosos espaços para o visitante encontrar os artesanatos regionais, feitos pelo povo potiguar.

– Conheça o Parque Estadual de Itapuã que está situado em Viamão, a 57 km de Porto Alegre (RS) e é um refúgio de paisagem natural da região metropolitana. O Parque abriga áreas de campos, matas, dunas, lagoas, praias e morros às margens do lago Guaíba e da laguna dos Patos.

– Em Recife (PE), faça um passeio pelos mercados, conhecendo a gastronomia típica. Destaque para o Mercado de São José, onde há grande quantidade e diversidade de artesanato e de produtos da cultura afro.

– Com belíssimos cenários, a cidade do Rio de Janeiro é um convite aos moradores e visitantes para a prática de exercícios ao ar livre: caminhe, pratique frescobol, futebol de areia, futevôlei, vôlei de praia e faça um passeio de bicicleta pela orla.

– Maior do Brasil e segunda do mundo, a Baía de Todos os Santos, na Bahia, é um belo cenário para experiências náuticas. Mar de águas calmas e cristalinas, envoltos por uma áurea histórica secular e pela Mata Atlântica, em contraste com os vastos manguezais, restingas e recifes de corais, abriga cinquenta e seis ilhas e é uma Área de Proteção Ambiental (APA).

– Em São Paulo são muitas opções de programas sustentáveis. São quatro roteiros e uma lista de atrativos, que levam de uma a três horas cada e envolve o visitante num dia repleto de novos aprendizados: Roteiro Espécies Ameaçadas, Roteiro Histórico, Caminho das Águas e Trilha Sensorial.

Fonte: Akatu

Assine nossa news

X FECHAR

Sobre o que gostaria de saber?

Deixe sua sugestão com a gente, o seu tema pode ser escolhido para o próximo post.