Doenças causadas por ingestão de água contaminada

Todos sabemos que é imprescindível beber água purificada. O consumo de água em condições impróprias ou de origem desconhecida é responsável por uma série de problemas de saúde. Mas será que temos conhecimento dos riscos que corremos e das doenças a que estamos expostos? A maioria das doenças transmitidas pela água é causada por micro-organismos presentes em reservatórios de água doce, habitualmente após contaminação por dejetos humanos ou de animais. A forma mais comum de contaminação é por meio da ingestão, seja diretamente bebendo água contaminada ou pelo consumo de alimentos lavados com água infectada. Listamos abaixo algumas doenças.

Hepatite A
A hepatite A é uma infecção viral transmitida pela via fecal-oral, ou seja, a pessoa precisa ter contato com fezes humanas contaminadas para se contaminar. A transmissão do vírus da hepatite A pode se dar pela contaminação de alimentos preparados por pessoas infectadas que não lavam as mãos após evacuarem ou pelo contato da água com fezes contaminadas, o que ocorre principalmente nos locais onde não há saneamento básico. Praias, rios e lagos que recebem esgoto não tratado podem ter suas águas contaminadas com o vírus da hepatite A. A doença apresenta-se habitualmente como um quadro de diarreia associada a perda de apetite, náuseas, vômitos, fraqueza, dor muscular, dor de cabeça e febre. Após uma semana surge a icterícia, sintoma clássico da hepatite A aguda, que se caracteriza por pele e olhos amarelados.

Diarreia Infecciosa
Importante causa de morbimortalidade no Brasil e em países subdesenvolvidos, a diarreia aguda tem incidência elevada e os episódios são frequentes na infância, particularmente em áreas com precárias condições de saneamento.  Vários vírus, germes, parasitas e bactérias podem contaminar a água, na maioria das vezes pela via fecal-oral, e causar quadros bem graves de desidratação. A manifestação predominante é o aumento do número de evacuações, com fezes aquosas ou de pouca consistência. Com frequência, é acompanhada de vômito, febre e dor abdominal.

 

Amebíase
Assim como a diarreia, a amebíase é adquirida por comer ou beber algo contaminado com material fecal. Essa doença é causada por uma ameba chamada E. histolytica, que entra no trato digestivo como um minúsculo ovo. As amebas se alimentam do muco da parede intestinal e começam a reprodução, se espalhando cada vez mais. A doença pode ser branda ou extremamente dolorosa quando o quadro se complica, sendo responsável por cerca de 100 mil mortes no mundo inteiro. A patologia é tratada com antibióticos.

contaminadaNADANDO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A ingestão ou o contato com água contaminada pode causar inúmeras doenças

 

Cólera
A cólera é uma infecção que ataca o intestino dos seres humanos e também é transmitida pela via fecal-oral, podendo ser adquirida por água e de alimentos contaminados. A Vibrio cholerae, bactéria causadora da doença, instala-se no intestino e passa a produzir uma toxina que ataca as células intestinais, provocando uma grave diarreia e fazendo com que o organismo elimine uma grande quantidade de água e sais minerais, acarretando séria desidratação. Quando a doença se manifesta, apresenta os seguintes sintomas: náuseas e vômitos, cólicas abdominais, diarréia abundante, esbranquiçada como água de arroz, podendo ocasionar cãibras e a perda de até um litro de água por hora.

 

Ascaridíase
É a verminose intestinal humana mais disseminada no mundo, causada por um parasita chamado Ascaris lumbricoides, popularmente conhecido como lombriga. A contaminação acontece quando há ingestão dos ovos infectados do parasita, que podem ser encontrados no solo, água ou alimentos contaminados por fezes humanas. O único reservatório é o homem. Se os ovos encontram um meio favorável, podem contaminar durante vários anos.

Créditos na imagem de capa: Paul Prescott/Shutterstock.com

 

Assine nossa news

X FECHAR

Sobre o que gostaria de saber?

Deixe sua sugestão com a gente, o seu tema pode ser escolhido para o próximo post.