Beber água durante a refeição faz mal?

Se observarmos as mesas do salão de um restaurante, muito provavelmente veremos bebidas em quase todas as mesas. Beber durante a refeição é um hábito extremamente comum por aqui. Há quem tenha a sensação de que é muito difícil comer sem ingerir algum líquido durante a refeição, mas será que esse hábito é inofensivo?

 

Na verdade, ingerir líquidos durante a refeição pode fazer mal, sim. É um consenso médico que essa atitude pode dificultar a digestão e a absorção de nutrientes, causar distensão abdominal, e aumentar o volume do estômago, estimulando a vontade de comer. Entenda porque isso acontece: durante a digestão dos alimentos precisamos da ação do suco gástrico no estômago, para que alguns nutrientes possam ser quebrados e absorvidos. Quando ingerimos líquido em excesso nas refeições, o suco gástrico fica diluído e dessa forma a digestão fica comprometida, podendo ocasionar problemas como indigestão, gases, flatulências e deficiência na absorção de fibras e nutrientes como ferro, cálcio, zinco, vitamina B12, entre outros.

 

Além disso, a ingestão de líquidos na refeição causa uma distensão na parede estomacal, dando uma falsa impressão ao cérebro de que o estômago está vazio e de que há mais espaço para comida. Ou seja, essa dilatação reduz a sensação de saciedade e pode levar a um consumo maior de alimentos e a um consequente o aumento de peso. Para as pessoas que têm predisposição a complicações gástricas – como refluxo, esofagite e gastrite – esse hábito pode gerar um desconforto ainda maior.

 

Talvez você pense que a água esteja livre dessa recomendação e que ela só se aplique à sucos, bebidas alcóolicas ou refrigerantes, certo? Errado. A água também não deveria ser consumida durante as refeições, principalmente em excesso. Se for de extrema necessidade ingerir algo (como por exemplo no caso de pessoas que produzem pouca saliva), é indicado o consumo de 100ml a 200ml  de água ou um suco de fruta cítrica: os sucos naturais feitos com frutas ácidas como abacaxi, limão, morango ou kiwi irão trabalhar a favor do suco gástrico no estômago, não interferindo na absorção dos alimentos.

 

Sabemos que é essencial manter a hidratação, mas o ideal é que os líquidos sejam consumidos ao longo de todo o dia e, no máximo 20 minutos antes ou a partir de 1 hora após as refeições. Comer acompanhando a refeição com um líquido é mais um hábito social do que uma necessidade biológica, então, busque mudar esse costume e não se esqueça de beber água nos outros momentos do dia ;)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Assine nossa news